Posts Tagged ‘massagem nos pés’

A fascite plantar é uma das causas mais comuns de dor no calcanhar. Trata-se de uma inflamação de um tecido chamado fáscia plantar, localizado na sola do pé e que conecta o calcâneo (osso que forma o calcanhar) aos dedos.

PROTOCOLO

A) 1 minuto – Cliente em decúbito ventral, segurar o pé do cliente e conversar sobre o problema com o objetivo de estabelecer uma certa confiança.

B) 10 minutos – Caso o Massoterapeuta tenha gelo no local de trabalho: aplique prendendo a compressa de gelo por pelo menos 10 minutos, e enquanto isso faça uma massagem relaxante e terapêutica com deslizamentos e amassamentos com compressão média no tendão do calcâneo, nos músculos da região da panturrilha até a região poplítea.

C) 5 minutos – remover o gelo. Cliente em decúbito dorsal. Trabalhar elevação do MMII com extensão dos dedos do pé, alongando toda posterior com 2 séries de 20 segundos ( segurar até onde o cliente aguentar ). Depois massagear toda planta do pé com deslizamentos e pressão, sendo que no local da Fascite plantar a massagem deverá ser suave sem causar desconforto ao cliente.

D) 10 minutos – Recolocar a compressa de gelo. E terminando com uma massagem bem relaxante repetindo o item B.

Obs. Caso não tenha gelo no local, inicie a massagem no MMII sem fazer no pé, depois faça os alongamentos e no final massagem no pé. Depois é só orientar o cliente fazer em casa 3 a 5 sessões por dia de gelo de 20 – 30 minutos no local da dor, e orientá-lo a alongar a região posterior do MMII com uma toalha. E quando o cliente for se sentindo melhor, poderá fazer os exercícios das figuras abaixo: automassagem com a bolinha de fisioterapia e com a garrafa de água congelada.

O tempo desse protocolo pode variar, e o cliente deverá fazer pelo menos 5 sessões em dias alternados. E caso o cliente se encontre em estágio de muita dor, a massagem no local da dor mais indicada seria a Drenagem Linfática no momento.

Outras Terapias Complementares: Acupuntura Auricular, Ventosaterapia e Bambuterapia.

fascite 3 fascite 2 fascite 1

Read Full Post »

Chega o inverno e a grande maioria das pessoas fazem as mesmas coisas: deixa os cuidados com os pés,
que ficam mais escondidos nessa época do ano, e não tratando como deveria. O resultado? Pele grossa,
ressecamento, descamação, odores fores e, em casos mais graves, rachaduras e até sangramentos.

Para recuperar o tempo perdido e chegar com seus pezinhos tinindo para a primavera e
o verão, sem qualquer vergonha de exibi-los por aí, vejamos dicas bem práticas para ter
a pele dos pés sempre macia e lisinha:

– meias de boa qualidade, que permitam que os pés respirem;
– Nem um pouco largo, nem um pouco apertado: é preciso que o sapato esteja confortável;
– Observe se o sapato se adapta aos dedos que devem ficar livres dentro do sapato e ao calcanhar.
Ande um pouco com os calçados novos pela loja para sentir como se adaptam aos pés;
– Seque e areje seus calçados após o uso, deixando-os por pelo menos duas horas em local aberto e ventilado.
Não tente secá-los em fornos ou atrás da geladeira, isso estraga os calçados e resseca o material;
– Opte por calçados confortáveis, feitos com couro natural e forrados;
– Calçados com solas macias e absorventes podem ser mais confortáveis, principalmente se você ficar muitas horas em pé.

Dica caseira para esfoliação dos pés:
misture mel com açúcar cristal e massageie os pés em movimentos circulares e de vai e vem, cuidado
apenas no momento de esfoliar a parte dorsal do pé ( o peito do pé ), por ser mais sensível,
não colocar muita pressão, já a planta do pé ( sola ) a pressão é bem maior. Depois de esfoliar,
passe um hidratante de sua preferência em todo o pé.

cuidados com os pés_01

Read Full Post »

Read Full Post »